sábado, julho 16

Intocável

O par de olhos mais verdes e puros que já observei. A pela mais levemente branca e fria que já toquei. O par de lábios mais aparentemente sensíveis e rosados que já beijei. Os fios de cabelo louros que mais caem perfeitamente aos ombros com a leveza do ar. As linhas de corpo mais bem desenhadas que se possa apreciar... Ela era dona de um silêncio gritante e de um olhar penetrante. Ela era o sorriso mais doce dentro do coração mais frio. Ela era a expressão mais indecifrável, o quente no frio, a única luz na escuridão. Sua perfeição era exageradamente grande, mas perturbadoramente intocável.


 
* No Rest, de Dry The River
<a href="http://www.youtube.com/watch?v=3iUHfAChgBA?hl=en&amp;loop=1"><img alt="Play" src="http://www.gtaero.net/ytmusic/play.png" style="border:0px;"></a>
 
Por Alexandre Tavares.

2 comentários:

  1. Porque será impossível não amar essas leves palavras. Amei sua delicadeza em escrever com a alma, e além disso, amei muito a música.
    Beijos .

    ResponderExcluir
  2. Descrição perfeita sobre a visão exagerada e apaixonada que temos quando gostamos de alguém! Adorei! ^^
    Um beijo, Maria Beatriz
    http://biacentrismo.blogspot.com - @biacentrismo

    ResponderExcluir