segunda-feira, junho 27



E o que eu posso fazer? O que eu posso fazer se mesmo sentado a janela, durante a noite, olhando a chuva cair fortemente do céu e ouvindo uma musica calma me faça pensar em você? Acredite, desisti de tentar esquecê-la. Sei que devo parar de olhar no espelho julgando meus próprios erros e buscando meus próprios defeitos e, sair para lutar contra meus medos e tentar valorizar a mínima chance que tenho de ser feliz, a única que o mundo lá fora me proporciona, mas é difícil. É muito mais complexo do que simples palavras.

* Beautiful, de Nick Lachey
<a href="http://www.youtube.com/watch?v=L7sHhem8ZlA?hl=en&amp;loop=1"><img src="http://www.gtaero.net/ytmusic/play.png" alt="Play" style="border:0px;" /></a>

Apenas,
Alexandre Tavares.

quinta-feira, junho 23



Sei que é tolice... Mas ainda penso em nós!
Sentado a mesa de um coffe bar de esquina, observando o movimento da rua através da vidraça de vidros particularmente imundos. Um bloco de notas com orelhas na parte inferior, e um rabisco composto por palavras melancólicas e parágrafos intermináveis. Um cheiro de pão na chapa e gordura industrial, uma caneca de café fumegante e um cigarro sendo consumido pelas minhas tragadas desesperadas. Cercado de incertezas eu perco meu tempo pensando em minha insegurança, e tentando encontrar um modo de escapar de todo esse lixo sentimental, e por fim, sentar e tão somente pensar em você...

*Thinking About You, de Norah Jones
<a href="http://www.youtube.com/watch?v=wE4lnC25fnU?hl=en&amp;loop=1"><img alt="Play" src="http://www.gtaero.net/ytmusic/play.png" style="border:0px;"></a>

Apenas,
Alexandre Tavares.

quarta-feira, junho 22

“um par de lábios selados, mãos atadas e um olhar fixo e solitário para lugar nenhum em particular... Um silêncio profundo e um desespero incomum e corroente. Um copo de whisky, uma musica indie, um céu escuro visto através da porta balcão da sala de estar da minha cobertura no arranha-céu mais exclusivo da cidade, não que eu quisesse me gabar, mas eu podia ter tudo e ainda assim, sentia como se não tivesse nada!”



- Alexandre Tavares.

domingo, junho 19

E se o tempo não passar? E se o tempo passar, e ainda assim eu não te esquecer? E se nunca mais existir eu e você? E se tudo o que me resta é sentar e esperar por alguém que nunca vai aparecer? E se eu continuar aqui enquanto você está feliz e nem se lembra de mim?

Ouça:
Long on And Move On - The Script
These Walls - Trapt

Apenas,
Alexandre Tavares